Vamos calcular a quantidade de resíduo que você produz.

No post anterior fizemos várias perguntas a respeito do seu lixo, para que você conseguisse avaliar sua produção e analisasse onde poderia reduzí-lo.

Nesse post vamos realizar um exemplo de cálculo para que você consiga quantificar quanto de lixo produz e de que tipo.

Agora que você já levantou quanto você produz de volume de resíduos na cozinha, nos banheiros e no quintal e também já anotou quantas vezes por semana você destina para a coleta pública e para a coleta de recicláveis, é simples, vamos fazer uma tabelinha para te ajudar com um exemplo:

Nesse exemplo de cálculo, a produção ocorre na cozinha, banheiro e quintal/lavandeira. Sendo retirados por semana: 4 sacolinhas de mercado na cozinha (40 litros), 2 sacolinhas no banheiro (20 litros) e 2 sacolinhas no quintal/lavanderia (20 litros). Como o mês tem 4,5 semanas, multiplicamos o valor semanal de 80 litros pelas semanas e obtemos 360 litros de lixo por mês e 4320 litros de lixo por ano.

Agora vamos calcular os recicláveis. Considerando que tudo o que é reciclável armazenamos no mesmo lugar, na cozinha.

Para os recicláveis o cálculo ficou mais fácil. No exemplo, considerou-se 35 litros produzidos por semana, que multiplicados por 4,5 semanas são 157,5 litros no mês e 1890 litros no ano.

Se você se identifica com essas quantidades, você e sua família produzem um total de 517,5 litros de resíduos por mês ou 6.210 litros de resíduos em um ano. Isso é o equivalente a um pouco mais que 6 caixas d’água de 1000 litros, bastante né?

No exemplo calculado, a parte dos recicláveis são 1890 litros do total de 6210 litros, ou seja 30% e o restante, 70% são os resíduos que foram classificados como rejeito.

Se você já separa e destina de maneira adequada os materiais recicláveis, que são os 30% isso já é muito bom!

Mas se analisarmos com atenção os 70% que classificamos inicialmente como rejeito, conseguimos dar uma destinação adequada para pelo menos 50% desse material. Esse volume corresponde principalmente ao material orgânico proveniente da cozinha.

Assim como as embalagens podem ser recicladas e entrar novamente na cadeia produtiva, o material orgânico também pode ser ‘reciclado’ e retornar para ser utilizado novamente. E como isso? Através da compostagem que vai transformar o material orgânico em composto e fertilizante líquido.

Você acha que não está preparado para fazer compostagem? Tem dúvidas, receios e insegurança? Continue nos acompanhando, te ajudaremos a transpor essas dificuldades para destinar uma maior quantidade de resíduos que produz para a destinação adequada, além de dicas para diminuir o volume dos resíduos.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: